BLOG EMBAIXADOR FRANKLIN TOSCANO

quarta-feira, maio 27, 2015

CONSULADO DE ANGOLA EM FESTA NO " DIA DO ORGULHO NEGRO " !!!

COLUNA SOCIAL E POLITICA


D
a Ghama, Ana Maria Pereira (integrante do grupo Coletivo Rainhas Negras) e Dr. Pedro dos Santos, Cônsul de Cabo Verde.
                                                                                     
Dr. Rosário Ceita, Cônsul-Geral da Angola-RJ​ e o Coletivo Rainhas Negras. 

 Luzia dos Anjos
​ 
e Eduarda Monteiro
​, 
Vices-Cônsul Geral da Angola-RJ​.

               

 Luzia dos Anjos
​ 
e Eduarda Monteiro
​, 
Vices-Cônsul Geral da Angola-RJ​.
                                                         



                                                          FOTOS: JULIO ADELINO



Dia do Orgulho negro, regado com danças e quitutes africanos no Consulado de Angola. O evento faz parte de uma campanha de comunicação para promover a cultura africana na cidade do Rio de Janeiro. 
Aconteceu na noite nesta segunda, (25), no Consulado Geral da Angola, com sede no Centro, uma recepção típica do continente para saldar o Dia da África, data relevante ao povo africano. A recepção começou às sete meia, no auditório do Espaço Cultural do Consulado Geral da Angola, com o cantor Sérgio Zola, cantando a capela e aproveitou para falar da extrema importância de comemorar essa data. Um dos pontos fortes ficou por conta quando cantaram de pé o Hino da África “God Bless África”, foi uma comoção geral. A solenidade fez um minuto de silêncio em memória aos que lutaram pela África, pelos direitos humanos, na medicina no mundo, disseminação de cultura pelo mundo, prêmio Nobel e finalizando com uma homenagem à Nelson Mandela, considerado o mais importante líder politico da África, ganhador do premio Nobel da Paz.
Depois da cerimonia, não poderiam faltar as danças, começando pelo grupo Coletivo Rainhas Negras, saldando o jongo, referenciando as Yabás e por ultimo; o samba de roda, levando o público ao delírio, sobrou até para o Consul Geral de Angola, Dr.  Rosário Ceita, quer foi puxado para o meio da roda. A degustação dos quitutes africanos, ficou a cargo das culinária de Togo, Cabo Verde e Angola. A noite contou ainda com o ator Thezis Luyndiula, que fez uma apresentação de dança típica, o Dj Tárcio Ceite, mandou ver com músicas africanas no decorrer da noite.   
Em tempo – a data do dia 25 de Maio – é considerado pela ONU desde 1972, que simboliza a luta dos povos do continente africano pela sua independência...




Postar um comentário