BLOG EMBAIXADOR FRANKLIN TOSCANO

quarta-feira, janeiro 13, 2016

COLETIVA MUL.TI.PLO ESPAÇO ARTE NO VALE DAS VIDEIRAS, PETRÓPOLIS !!!

ANTONIO DIAS - MUSIC IN YOUR POCKET- FIBRA DE VIDRO  E COBRE 2015
50 X 32,5 CM

ELIZABETH JOBIM - IMPRESSÃO EM RELEVO - 50 X 60 CM =2015
COLUNA SOCIAL E POLITICA


A boa arte contemporânea ruma para a Serra
Mul.ti.plo Espaço Arte inaugura coletiva com grandes nomes nacionais e estrangeiros na Galeria A2, no Vale das Videiras, em Petrópolis
Uma das propostas da Mul.ti.plo Espaço Arte é não ficar restrita às suas paredes. Desta forma, a galeria das sócias Stella Silva Ramos e Maria Cristina Magalhães Pinto já realizou exposições e parcerias com outros espaços, como o Parque Lage, por exemplo, ou promovendo a apresentação de um múltiplo sonoro do grupo Chelpa Ferro no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico. Agora, ruma para a Serra: a partir do dia 23 de janeiroem parceria com a Galeria A2, a Mul.ti.plo leva para o Vale das Videiras novidades de seu acervo, com grandes nomes da arte contemporânea.
“Sempre tivemos isso em mente: não nos encerrarmos dentro da galeria, ir para a rua, levar obras de arte para o maior número possível de pessoas”, diz Maria Cristina. “Há um acervo que merece ser visto por um público que mora na Serra, que gosta e se interessa por arte, mas que para ter contato com grandes exposições precisa vir para o Rio”, completa Stella. A coletiva da Mul.ti.plo na A2 vai suprir essa necessidade: o público poderá ver gravuras de Francis Bacon, Antoni Tàpies, Elizabeth Jobim e Célia Euvaldo, uma tela de Daniel Feingold, uma escultura de parede do português José Pedro Croft, objetos de Waltercio Caldas e Antonio Dias, aquarelas de Fernanda Junqueira, duas pinturas em papel de grandes dimensões de Gabriela Machado, além de um objeto em acrílico de Eduardo Sued – criado especialmente para esta exposição –, entre outras obras. 
“Nunca houve na Serra uma exposição com essa diversidade – desenhos, objetos, pinturas, gravuras, escultura – e reunindo nomes tão importantes. Nunca houve, por exemplo, um Bacon ou um Tàpies em exposição, e à venda, na Serra fluminense. E isso é ótimo porque valoriza um lugar poético, que já reúne um público qualificado”, afirma Maneco Muller, consultor da Mul.ti.plo.
A galeria A2 foi aberta há pouco mais de um ano pelo fotógrafo Alexandre Salgado e o advogado André Faoro, com o foco voltado para a arte contemporânea. E tem muito em comum com a Mul.ti.plo. “As duas galerias não fizeram um ‘pacto com a crise’. Ao contrário: a coragem e a ousadia de Alexandre e André interessam muito à Mul.ti.plo, que também busca novas alternativas e compartilha da ideia de mostrar boa arte a preços acessíveis, mas sempre com extrema qualidade”, finaliza Stella.

Postar um comentário